Como pensar em marketing em tempo de crise?

 Como pensar em marketing em tempo de crise?

É muito comum presenciarmos situações como essa: a empresa está passando por momentos difíceis, precisa reduzir os gastos e decide, então, economizar em suas estratégias de marketing. Em tempos de crise, mais do que em qualquer outro momento, o profissional de marketing se mostra fundamental para o negócio.
Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o marketing é uma necessidade imediata que não deve ser colocada em 2º plano, pois ele é a solução capaz de garantir a redução de custos sem comprometer os resultados.

Por que permanecer com o marketing?

Em tempos de crise, o planejamento estratégico da empresa, geralmente liderado pelo marketing, é capaz inclusive, de prever as dificuldades econômicas do país e desenvolver planos de contenção para administrar os contratempos previamente e, ainda assim, gerar leads qualificados para o time de vendas.
O marketing pode direcionar os investimentos, o posicionamento da companhia e ainda antever quais os principais pontos de atenção e atuação em períodos mais críticos. As escolhas de onde investir ou cortar gastos devem estar pautadas nas estratégias e não na crise.

Investir em marketing digital é a solução. Por que?

É mais acessível do que o marketing tradicional

As ações de marketing tradicional, como os comerciais de rádio e TV, produzem bons resultados, porém exigem um investimento tão alto que, principalmente para as pequenas e médias empresas, acaba sendo impossível. Além disso, estas ações podem não ser tão eficientes, uma vez que atingem um grande número de pessoas que não se interessam por seu produto ou serviço.
Os investimentos em marketing digital são bem menores e permitem que sua empresa alcance seu público-alvo de forma mais assertiva e sem perder o foco com quem não é seu público, independentemente do tamanho de sua empresa.

Foca nos clientes certos

O marketing de conteúdo entra como um aliado ideal das empresas, pois um de seus principais atributos é justamente o de atingir as pessoas certas. Por meio de dados e informações precisas do perfil do público-alvo da marca, a proposta é fazer uma comunicação direcionada e precisa, em vez de tentar abraçar o mundo.

Pode ser automatizado

É natural que, durante a crise, as atividades fiquem mais enxutas e os recursos mais escassos. Por isso, tudo que for possível automatizar ajuda a aliviar a pressão, como é o caso do digital. Com o planejamento adequado e uma boa execução,  ela será capaz de conseguir mais resultados com menos recursos e profissionais, otimizando a capacidade de fazer negócios em tempos nada favoráveis.

Posts relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *