Assessoria de Imprensa.

Como aparecer no noticiário?

O caminho para aparecer com credibilidade em publicações é investir no relacionamento com a imprensa. Quem tem capacidade de conduzir esse processo, com custos muito mais baixos do que anúncios publicitários, além de benefícios à credibilidade muitas vezes impagáveis, é uma Assessoria de Comunicação. Com seus resultados ganha-se papel de referência nas mídias impressas e eletrônicas. – afinal, esse é o sonho de sérios empreendedores – tendo como consequência dessa exposição a diferenciação no mercado e atração de mais clientes.

Entender que é preciso pagar jornalistas de redação para se obter tal exposição é ir contra as regras do bom jornalismo. A assessoria de imprensa serve para intermediar, de forma planejada, o contato da marca/empresários/profissional com a mídia e, em muitos casos, abreviar o tempo do resultado esperado. A contratação pode ser por “job” – trabalho eventual, para um lançamento de produto ou ação pontual – ou para uma iniciativa ou empreendimento de médio ou longo prazo.

Ao optar por um serviço de Assessoria de Imprensa, deve-se buscar referências dos concorrentes para atestar a experiência e qualidade do fornecedor. Não há milagre, desses que prometem um estrondoso resultado a curtíssimo prazo. O trabalho de relacionamento com a mídia requer tempo para ser construído e solidificado.

Assessoria de Imprensa é instrumento primordial para a atração de um universo de personalidades e oportunidades identificadas com a cultura de um cliente; conquista de novos mercados e/ou para o crescimento ou reposicionamento profissional ou empresarial.

O que faz uma Assessoria de Imprensa

Estabelecer o relacionamento cliente-imprensa.
Radiografar uma ação noticiosa;
Entrevistar agentes e representantes da notícia;
Criar, produzir e distribuir de teasers e releases, com seus devidos follow-ups;
Redigir textos com linguagem jornalística;
Convocar entrevistas individuais e coletivas, com definição de locais mais adequados;
Preparar fontes para entrevistas, com midia training (opcional, como serviço extra);
Contratar e preparar e/ou confeccionar mailing;
Produzir clipping, com análise de resultados (opcional, como serviço extra);
Administrar de crises (opcional, como serviço extra).
Supervisionar serviços fotográficos

O que é notícia?

Uma notícia pode ganhar espaços na imprensa de duas formas: espontânea e planejada. A primeira surge como fruto das repercussões de um fato, personagem, empreendimento ou situação que chegam às pautas dos noticiosos sem controle. Sua existência pode estar no cotidiano das ruas/cidades ou nas repercussões explosivas e dos milhares de views das mídias sociais. Um fator negativo, preponderante, da repercussão espontânea é o descontrole de sua repercussão, seja para o bem ou para o mal. Não há, ainda, como estabelecer tempo de surgimento e permanência.

A mídia planejada vai no caminho inverso, e deve ter, como condutor, especialistas em Comunicação que saberão estabelecer os fatores mais destacáveis de uma notícia, canais onde deve ser oferecida e controle de seu tempo de exposição. Outro aspecto positivo nessa forma: a exploração dos múltiplos canais de exposição da imprensa impressa e eletrônica – incluindo sites e blogs – ao mesmo tempo ou de acordo com o perfil de cada alvo/interesse da divulgação.

Os mais conceituados especialistas em Comunicação afirmam que uma Assessoria de Imprensa deve estar focada em estabelecer planos de divulgação adequados a cada cliente e abreviar o tempo do intercâmbio de informações entre as instituições, empresas, produtos, personalidades e serviços e a opinião pública, representada pelas diversas mídias. O resultado institucional ou comercial do investimento em assessoria de imprensa, em geral, é bem mais valioso do que o recurso aplicado nesse serviço.

Equipe

A Assessoria de Imprensa da 380 Volts é dirigida por Antônio Mafra. Conta com uma equipe fixa de profissionais entre jornalistas e produtores que desenvolvem atividades de atendimento, redação e divulgação.

Antônio Mafra é jornalista, atuou nas redações de jornais e revistas em São Paulo (O Globo, Revista Visão e Jornal da Tarde), tem experiência de comunicação empresarial em cargos públicos e privados, foi Vice-Presidente para Assuntos de Imprensa da Associação Brasileira de Marketing Promocional (Ampro), editou publicações e possui o Master of Business and Administration Economia do Turismo na Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo.