Luz, câmera, ação: o que o audiovisual da sua empresa precisa ter?

Cores, luzes, imagens e textos: um bom vídeo tem o poder de prender a atenção e levar um usuário, até então, desconhecido a se tornar um potencial e bom cliente de uma empresa.

Tempo e atenção, por sua vez, são as maiores “preciosidades” que alguém pode ter nos dias de hoje e se, mesmo assim, alguém parar para ver o vídeo da sua empresa até o final, acredite: você deu um grande passo.

Sobre o que falar?

Engana-se quem acredita piamente que falar bem sobre seu produto ou serviço, exaltando suas qualidades e diferenciais, é a forma correta de prender a atenção e despertar o desejo de compra. Muito pelo contrário: essa é uma das formas de entediar e, acima disso, afastar o potencial cliente.

Resumidamente: o usuário não quer saber sobre a sua empresa, seu produto, seu serviço. Ele está interessado em saber como todos esses fatores vão contribuir e melhorar a sua vida, o seu dia a dia; como irão proporcionar uma mudança positiva.

Informações que você precisa saber…

Segundo uma pesquisa realizada, 52% das pessoas afirmam que vídeos são fatores consideráveis na tomada de decisão da compra. E, ainda: a cada 5 consumidores, 3 gastam aproximadamente 2 minutos assistindo um vídeo informativo sobre produtos e serviços.

No que diz respeito ao e-mail, a pesquisa ainda apresenta que o conteúdo audiovisual no corpo da mensagem pode aumentar em até 96% as taxas de clique.

claquete_pc_dribbble

Então, como criar um audiovisual efetivo?

Acima de uma receita pronta ou, no caso, um roteiro fechado: é preciso considerar as particularidades da empresa, dos produtos, dos serviços e, mais importante ainda, do público-alvo, da persona ideal.

Mas, como denominadores comuns, alguns cuidados podem fazer toda diferença para o sucesso do vídeo. Confira!

– Duração: um vídeo é uma BREVE apresentação; ou seja: ele não deve se estender e, em tempos de internet, menos é mais. O ideal é manter uma média de 2 a 4 minutos.

– Foco: em pouco tempo, manter o foco é ainda mais importante. Se você quer apresentar a empresa, mantenha seus esforços nisso. Se a ideia é mostrar seus produtos e serviços, introduza-os brevemente.

– Apoio: novamente, devido ao tempo, é importante que o vídeo seja a “porta de entrada” que leva para outros canais (website, blog, rede social). A ideia é dar continuidade ao relacionamento iniciado via vídeo.

– Linguagem: o audiovisual deve ser desenvolvido para o seu público; portanto, deve conversar com ele para que haja empatia, aproximação.

– Qualidade: sua empresa é especialista nos produtos e serviços que oferece, certo? Da mesma maneira, produtoras de vídeo são experts no que fazem. Por isso, conte com elas para o desenvolvimento desde o roteiro até edição e finalização.

Por fim, é válido destacar que o audiovisual será uma espécie de vitrine da empresa e, por isso, precisa ser desenvolvido com profissionalismo para que cumpra com sua função.

 

 

Fonte: 2op

Escreva um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *